E-commerces: soluções especializadas para pequenos e médios!
background

Por que os pequenos e médios e-commerces podem contar com a Total Express?

Maio 17, 2021

Por que os pequenos e médios e-commerces podem contar com a Total Express?

Empresa garante atendimento individualizado e automatizado para esses tipos de e-commerces

De acordo com dados do Portal do Empreendedor, do governo federal, nos nove primeiros meses de 2020 o número de novos negócios criados por microempreendedores individuais (MEIs) no país cresceu 14,8%, na comparação com o mesmo período de 2019, chegando a 10,9 milhões de registros. São, portanto, milhões de pessoas que estão correndo atrás de seus sonhos e da independência profissional, além de, é claro, buscar segurança financeira em tempos tão difíceis.

À medida que disputam a preferência dos consumidores, estes PMEs (pequenos e médios e-commerces) invariavelmente precisam de uma operação logística para suas lojas virtuais, uma transportadora que atenda às necessidades e entregue os produtos com eficiência e a um custo competitivo. A Total Express, empresa privada com o portfólio logístico mais completo do país, tem soluções e ferramentas inteiramente voltadas para este nicho de empreendedores. A Gerente de Vendas Patricia Onori Borches Sanchez e o Coordenador de Growth André Oliveira Lins listam alguns motivos pelos quais os PMEs, sobretudo os mais novos neste universo, devem escolher a Total Express como empresa de soluções logísticas. Confira: 

  1. Terceirização da operação

Hoje em dia já é possível delegar à transportadora de e-commerces uma série de funções que vão além da simples entrega. O Total Fulfillment, por exemplo, é uma solução bastante indicada nesse sentido, desatando todos os nós da cadeia de logística e entrega. A transportadora recebe a mercadoria, armazena e manuseia, garantindo transparência e previsibilidade ao cliente, que terá informação completa das etapas da operação. Com isso, o lojista só precisa se preocupar com o atendimento ao consumidor, com as fotos, com o marketing e com a potencialização do seu ponteiro de vendas. “É inteligente terceirizar a operação com empresas que otimizem o dia a dia do pequeno lojista, para ele poder focar no que realmente importa: trabalhar a marca e a venda”, explica Patrícia Borches. Segundo ela, os custos são variáveis, de acordo com o tamanho do cliente. “Essa solução cabe no bolso de qualquer varejista.”

  1. Automação e controle à serviço do lojista

Com a Total Express, o pequeno empreendedor tem tudo mapeado e automatizado para poder fazer o rastreio das etapas da operação logística e solucionar os eventuais problemas sozinhos, com a ajuda da Eva, a assistente virtual omnichannel, ou seja, que integra os canais de venda e atendimento. “O processo de automação consiste em trazer autonomia para o pequeno lojista. A gente tem a expertise e o know-how de uma transportadora de e-commerce e a tecnologia de qualquer outra startup. Hoje o PME consegue entrar na EVA, receber login e senha de 10 a 15 minutos e ter acesso às informações que precisa, em um processo ágil e intuitivo”, explica André Lins. 

  1. Serviço consultivo

A equipe comercial da Total Express não faz apenas as vendas para esses e-commerces, como também cuida do pós-venda e presta consultoria. Segundo Patrícia, são muitos os casos dos lojistas recém-entrantes no mundo do empreendedorismo que têm pouca noção sobre transportadoras para e-commerce e sobre como integrar esse tipo de solução aos negócios deles. Nestes casos, a Total Express oferece suporte e trabalho consultivo.  

“Temos o caso de uma cliente que começou vendendo no Instagram, usando o serviço padrão de entregas, com um frete altíssimo que deixava os produtos inviáveis. Entramos em contato e oferecemos trabalho consultivo, um teste com a Total Express. Deu certo, ela entendeu o mercado de logística e agora vende os produtos sem preocupação. Nós fazemos a coleta, a entrega e o rastreio, e ela foca no que sabe fazer melhor”, descreve. 

É importante dizer que a Total Express recentemente realizou uma remodelação no trabalho de atendimento dos PMEs, fazendo a clusterização deles, isto é, dividindo-os em faixas de acordo com o volume. Assim é possível garantir atendimento mais individualizado para cada tipo de negócio. Pequenos lojistas com faturamento de 10 mil mensais e médios lojistas com faturamento de 500 mil têm anseios e especificidades completamente diferentes e, por isso, são necessários executivos diferentes para cada tipo de embarcador. 

Avaliações!

A Total oferece qualidade e agilidade para sua logística!

X